6 Dicas para mudar de carreira com sucesso em tempos de crise

Conversão de Carreira

Sabe como reagir e quais as alternativas se tiver de mudar o ramo profissional? 

Em tempos de crise a mudança de carreira pode ser a solução para estabilizar o emprego. Este pode ser um período de retração, mas também pode ser o momento de agarrar novos desafios. Além de todo o ambiente depressivo, uma crise pode gerar oportunidades no mercado de trabalho, com todas as mudanças pode surgir a necessidade de reforçar as indústrias específicas, alargar os postos de trabalho e as áreas produtivas. 

No entanto, com uma crise inesperada como a que vivemos hoje, a mudança de carreira envolve um investimento, seja de aquisição de novos conhecimentos, requalificação ou aprimoramento profissional. 

A D’ACCORD deixa-lhe 6 dicas que vão ajudá-lo(a) a mudar de carreira com sucesso:

1. Identificar as motivações

Antes de iniciar a procura é importante perceber o porquê de querer mudar de emprego? Não se identifica com a política da empresa? Não há perspetiva de carreira? A remuneração não é equivalente às funções desempenhadas? Ou simplesmente, ficou desempregado(a)?

Identificar o que nos deixa insatisfeitos é crucial para saber o que procurar. Tornar-se-á mais fácil identificar empresas, analisar ofertas de emprego e candidatar-se apenas a oportunidades com as quais realmente se identifica.

2. Planear a procura 

Deve determinar um horário para se dedicar à procura diariamente e realizar um registo das candidaturas feitas, feedbacks recebidos e fases do recrutamento/seleção a que chegou em cada um dos processos.

3. Identificar os setores em crescimento

Com a pandemia, muitos setores da economia entraram em recessão, mas alguns encontram-se em desenvolvimento. Desta forma, será interessante identificar os setores em crescimento e direcionar a procura para as ofertas apresentadas por eles. 

4. Aquirir novos conhecimentos

O período de isolamento social é uma boa oportunidade para investir em cursos e formações online. São várias as instituições que estão a oferecer aulas gratuitas para que mais profissionais possam obter novos conhecimentos.

5. Fortalecer o networking

Este, mais do que nunca, é o momento de enriquecer/fortalecer o seu networking, pois com a crise existem menos ofertas a serem publicadas nos sites de emprego e nas redes sociais especializadas. Para aumentar a probabilidade de obter/mudar de emprego, estabeleça contacto com amigos, orientadores e ex-colegas de trabalho de forma a descobrir/identificar novas oportunidades. 

6. Desenvolver a marca pessoal

Uma atitude fulcral para mudar de emprego é trabalhar a marca pessoal, reformule o seu currículo e perfis online (ex. Linkedin), garantindo que eles transmitam de forma clara e atrativa as suas qualificações profissionais. Tendo em conta que estas ferramentas são os seus cartões-de-visita, não se esqueça de colocar toda a informação e opte por um layout simples e limpo, tendo sempre em atenção o português. 

Começar um projeto novo, numa nova empresa, com funções distintas pode ser difícil. Na D’ACCORD podemos ajudá-lo(a) neste processo, fale connosco!

Créditos Fotográficos JESHOOTS.COM – Unsplash

Comentários