A importância do feedback nos processos de recrutamento

feedback

Atualmente, com as constantes mudanças no mercado de trabalho, as organizações têm a necessidade de selecionar e recrutar através de processos inovadores, nomeadamente, online.
No entanto, apesar das vantagens que os novos métodos podem trazer, muitas vezes as etapas necessárias para que este seja bem sucedido, não são tidas em conta, por exemplo, a etapa de transmissão de feedback.

É uma prática comum das organizações não transmitirem feedback aos candidatos, especificamente, quando esse feedback é negativo. Esta comunicação é extremamente importante, pois garante a confiança e a boa imagem da empresa. Para além disso, estabelecendo-se uma relação empática e de respeito, as portas da organização estarão sempre abertas para futuros processos em que os candidatos possam ser enquadrados.

Acima de tudo, é importante a sinceridade e o respeito pelos candidatos. Mesmo que estes não tenham tido o resultado esperado, é preciso ter em conta o facto de que o candidato pode vir a ser uma mais valia para a organização numa situação futura. O tipo de comunicação adotado é essencial nestes casos.

Revela-se importante enaltecer as qualidades em primeiro lugar, e só depois referir as críticas, no caso de reprovação. Assim, é possível fazer com que o candidato perceba os seus pontos fortes e depois consiga melhorar os aspetos menos bons do seu desempenho.

Num mercado tão concorrido e volátil, investir na qualidade do feedback no processo de recrutamento é uma das estratégias para garantir que os melhores profissionais tenham interesse em trabalhar numa organização. Nesse sentido, jamais deve ser negligenciada esta etapa do recrutamento.

Business photo created by rawpixel.com – www.freepik.com

Comentários